Quem me lê

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Deixa-me ( By Cristina Almeida )


Deixa-me falar-lhe de alma nua
todo o sentimento que em mim aflora,
deixa-me rasgar meu coração, embora
isso para ti não importa!
Deixa-me dizer-lhe com o olhar
a minha vontade louca de te amar;
tirano é teu coração,
escraviza o meu e o detém numa prisão!
Deixa-me aqui, vazia...
Oh! Estico meus braços para te alcançar
por entre as frestas dessa cadeia!
Olhas para o nada e te percebo
vazio...
Deixo meu coração mais alto falar
que a minha própria razão,
de por ti não mais procurar!
Será meu vício por ti?
Não me fale mais coração!
Não te quero escutar!
Esvazie-se desse amargo amar...

By Cristina Almeida

2 comentários:

Estrelinha Sonhadora disse...

oi amiga, vim espiar seu cantinho, nossa muito meigo,adorei suas poesias, vc escreve bem adorei mesmo, depois me manda uma para mim colocar em meu blog te dou os creditos nao se preocupa ta bem.parabens!!!

Tânia Camargo disse...

Lindíssima poesia!
Estou encantado c/ seu blog!
Voltarei sempre que puder... Parabéns!