Quem me lê

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Carta Ao Meu Amor - Verdade...

Imagem da Internet

Sabe! Na verdade, eu gostaria muito que você tivesse me amado,
que seu coração batesse forte quando me visse ou me ouvisse,
assim como o meu...
Eu teria gostado muito de saber que você pensava em mim,
ao ouvir uma música, ou de parar em certos instantes
lembrando dos momentos que tivemos juntos.
Na verdade, eu gostaria de ficar sabendo que você estaria disposto
a fazer alguma loucura de amor, por mim...rsrsrs...
Eu acredito que você sabe que eu estaria disposta a isso!
E de verdade, eu faria!!!
Mas a verdade é que você não me ama, nunca amou
e eu tenho que aceitar isso, pois isso é a verdade!
Mas se você me amasse, me amasse de verdade, eu correria todos os riscos
pra poder ficar do teu lado, pra encontrar a nossa felicidade!
E sentiria se tivesse que fazer alguém sofrer, mas ainda assim,
valeria a pena, se você me amasse!
Você acha que te ponho correntes, mas se enganou...
A liberdade que você tanto quer, é a que eu sonho...
Quando somos livres, somos nós mesmos, amamos espontaneamente,
não precisamos comprovar fidelidade, pois o que somos, somos!
O meu espírito é livre, o vejo como uma ave no céu, voando, sempre!
Já notou que falo muito isso em minhas poesias?
Eu desejava um amor somente...
Mas acho que esse meu desejo é meio descomedido, e acho que
chegou a hora de parar de sonhar, sonhar com o impossível!
Talvez você até ria quando ler estas minhas palavras,
talvez até pense: -Como ela poderia achar que eu a amaria?
-Como ela acha que eu perderia meu tempo pensando nela?
E eu te responderia:- Eu estava apaixonada! E assim agente
acaba se iludindo!
Agente volta a ser adolescente quando está amando, isso independe
da idade cronológica.
Acabamos cometendo erros, equívocos...
Como talvez, está aqui agora, escrevendo isso pra você!
Eu tenho que firmar dentro de mim, que isso acaba aqui!
Eu tenho que me conscientizar disso! 
E apenas aceitar o fim dessa história!
Falaria, escreveria mais...Mas nada do que eu diga ou escreva
irá mudar essa verdade!

By
Cristina Almeida

2 comentários:

Paulo Tamburro. disse...

CRISTINA,

lindíssima sua carta de amor e acredito que ela possa sim, mudar essa verdade!

Afinal, porque não?

Um abração carioca.

Roseli disse...

Olá querida, vindo visitar você através do face, e adorei este teu cantinho. Uma cata muito linda. E quem sabe as coisas ainda mudem, vou torcer por isso.
Tenha um final de semana abençoado e beijinhos carinhosos para ti.